segunda-feira, setembro 18, 2006

TERNURA SOBRE O ASFALTO

Hoje parei o carro para deixar uma mãe e o filho respectivo atravessarem a estrada. Até aqui nada de extraordinário. A mãe, obviamente muito dedicada, parou também e só atravessou depois de eu arrancar.
Lá terá as suas razões para não confiar em automobilistas.
Segui com a viatura e parei de novo um pouco mais à frente. Pelo espelho observei então a menina a atravessar a estrada com o seu gatinho preso na boca. Uma ternura. E ainda dizem que os gatos são irracionais... Cada vez aprecio mais estas gatas tão ternas e dedicadas...
Gatopardo - 2006

14 comentários:

Caiê disse...

Irracional será quem denominou assim os gatos... ;)
***

escorpiaotenhoso disse...

Caiê,
Irracional é um adjectivo "light", mas eu aprendi este conceito na escola (no século passado, mas mesmo assim era grave), agora vejo porque não gostava da escola...

Gatopardo

zeni disse...

Eu adoro observar as mães felinas em geral. São sempre muito dedicadas e ternurentas, com as suas crias. É uma delícia, vê-los juntos.

Meow disse...

Que amorzinho!

escorpiaotenhoso disse...

Zeni

Esta ontem era devia estar a mudar a ninhada de local. O filho era já crescidote. Só tive pena de não a ter fotografado...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Meow,

A relação entre uma mãe gata e os seus filhos é normalmente um exemplo de amor com todas as letras grandes. Daí que me custem as interferências humanas, mesmo as mais bem intencionadas...

Gatopardo

Luísa disse...

: )

Um beijo

escorpiaotenhoso disse...

Olá Luisa, seja bem aparecida neste antro de gataria...

Gatopardo

Raquel Mendes disse...

É mesmo ternurenta a relação de uma mãe com as suas crias... independentemente da espécie... Embora os felinos sejam especiais para mim.
De facto é pena não lhe teres tirado uma foto, mas imagino que fosse complicado conduzir e fotografar ao mesmo tempo!

escorpiaotenhoso disse...

Raquel,

Não foi possível fotografar, mas a imagem que gravei na minha própria memória é simplesmente deliciosa...
E também gosto muito dos felinos...

Gatopardo

cinderela-dos-pes-grandes disse...

Os gatos têm aquela qualidade deliciosa de aliarem a maior independência à maior ternura, não é?...
É por isso que os prefiro aos cães, que também são meigos mas não são tão independentes...

escorpiaotenhoso disse...

Cinderela,

Tens razão, mas também gosto muito de cães, e de momento não tenho nenhum, porque o último morreu o ano passado depois de um cancro prolongado, etc e tal. Mas fico sempre com o coração apertado quando vejo cães abandonados na rua..
Em tempos tive uma cadela fantástica, que me fazia cenas de ciumes do género de estar 3 dias sem me falar quando eu levava alguma amiga lá a casa...

Gatopardo

cinderela-dos-pes-grandes disse...

HUmmm... devia ser uma querida, mas pessoalmente odeio ciumeiras!... ;)

Também já tive cães, mas tenho muito mais jeito para gatos, porque os entendo melhor.
Quanto aos cães vadios... é indecente esta mania de abandonar os bichos!...

escorpiaotenhoso disse...

Cinderela,

Concordo contigo quanto a ciumeiras humanas, mas esta atitude assumida por uma cadela que se achava gente era de morrer a rir. Cheguei a encenar situações só para confirmar a actuação da "menina de quatro patas"... Pura e simplesmente ela considerava-se a "dona" da casa. Era extremamente inteligente e sensível. Uma companheirona... Mas tudo isto é história antiga, pois ela já morreu há muitos anos...

ET