quinta-feira, junho 01, 2006

BÉBÉ TRIPÉ DA TIA NINA

Para todas as Amigas e Amigos do pequeno Tripé, que afinal se chama STRIDER, por opção da sua dona dedicada, aqui ficam as ultimas imagens do gatinho das docas.
Está a crescer muito depressa, e já se rendeu ao conforto do sofázinho, pois claro.
E gosta muito da tia Nina.
Os gatos grandes têm paciência para o STRIDER, e isso ajudou à sua adaptação.
O seu novo mundo é bem diferente da rua, quase o paraíso, não fosse uma senhora empregada que teima em limpar a casa com um mostrengo esquisito a que chamam aspirador... Beijinhos a todos do STRIDER (Tásse bem, miau...)

19 comentários:

zeni disse...

Tão queridos! E o tripé parece mesmo feliz!

Lá em casa o monstro também se chama aspirador!!

Caiê disse...

Super confortável, o bocejo! ;)

Alexa disse...

Ai, tão lindo que ele está, ET!!
Nem parece o mesmo gato assustado, cujas fotos vi no Felinus.
E que olhar mais meiguinho (pudera, é o menino nas mãos -ou melhor, patas- dos restantes minhaus :)

Julie disse...

Muito fofo e sortudo esse menino!
Beijinhos pra voces

Rodrigues disse...

Ooooh! Estou derretiiiiida!:):)

escorpiaotenhoso disse...

Zeni,

O monstro cá de casa é amigo dos gatos, discreto, silencioso. Só o pequenino é que não está obviamente familiarizado com a geringonça. O Tripé está na maior. Ainda agora saltou para cima da mesa e catrapuz, lá foram os papeis para o chão. A culpa é do ET que tem a papelada toda espalhada...

:) :)

escorpiaotenhoso disse...

Caiê,

Cá em casa Gato rima com sofá, e o Tripé aprecia todos os confortos a que tem direito, ehehehe

escorpiaotenhoso disse...

Alexa,

Ele é um boneco, e uma lufada de ar fresco cá em casa, pois os gatos anteriores foram recolhidos já crescidos. É bom haver um pequenino. Mas este tipo está a crescer à mesma velocidade com que corre pela casa toda e se esconde do aspirador...

escorpiaotenhoso disse...

É mesmo fofo, Julie...

É o lado contrastante da miséria. Se tivesse as patinhas todas se calhar não tinha cativado a minha filha... E os 2se2, na sua complexidade, não nos levam alado nenhum.

ET

escorpiaotenhoso disse...

Rodrigues,

O Tripé é um verdadeiro boneco animado. Muito animado... Conseguiste dar o teu recem encontrado cinzento e branco? É lindo também...

ET

cãorafeiro disse...

não há nada como os bichos pequenos.

em bébés, até os crocodilos têm graça.

mas não há bichos bébés mais bonitos que os gatos, digo eu que até sou cão...

escorpiaotenhoso disse...

Cão Rafeiro,

É cão mas denota bom gosto. Como o cão Charlie, que em tempos morou connosco, e era grande amigo de toda a gataria, em especial do Barrabás, pois então... Apareça mais vezes.

Um beijinho do

Gatopardo

Meow disse...

Olá, ET!

O Strider é um amor!!

Já escrevi mais um post. se o leres vais perceber por que não tenho um gato :(

Gostava de perceber como tens tantos gatos! Consegues ter espaço para todos?

Meow disse...

Pois é! Viste a minha gatinha preta - a Fiona!

Infelizmente nunca mais apareceu! Também tinha um gatinho amarelo, o namorado dela, lindo de morrer que desapareceu passados uns tempos!!

Isto tudo se passou em casa da minha mãe que decidiu ficar com a ninhada de cachorrinhos da nossa cadela... Estes eram não gostavam muito dos gatos!

Ter muitos cães assim em casa não ajuda à convivência entre todos... Parece que foi por isso que os meus adorados gatinhos fugiram!!

Por isso, nem em casa da minha mãe posso apreciar a companhia felina!!

alice disse...

querido amigo,

obrigada de coração pelas tuas palavras

fiquei deveras enternecida

vim a esta hora, depois do chã, dizer-te que és especial

um grande beijinho

alice

escorpiaotenhoso disse...

Meow,

Eu tive durante anos 4 gatos e um cão. Eram todos amigos, nunca houve problemas. Que pena teres ficado sem os teus amigos...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Olá Alice,

Bem aparecida..., também tu és certamente especial...

Gatopardo

Meow disse...

A convivência entre gatos e cães é possível: também eu tive uma cadela e 2 gatos.

Mas estes cachorrinhos são diferentes: gostavam de andar atrás dos gatos e chateá-los até estes se fartarem...

Assim, acho bastante provável que os meus gatinhos se tenham ido embora por não aceitarem este tipo de convivência. Uma convivência em que estavam constantemente a ser importunados...
Todos sabemos que os gatos não gostam desse tipo de comportamento!

escorpiaotenhoso disse...

Meow,

Há sempre as histórias de cães e gatos e respectivas incompatibilidades. Aqui para nós os gatos dispensam os cães com algum alívio, mas a verdade é que tive diversos gatos e um cão no meu apartamento durante muitos anos e eram todos amigos

Gatopardo