sexta-feira, maio 19, 2006

O PRIMEIRO GATO


O nosso primeiro gato é sempre o PRIMEIRO, como com os AMORES.
O meu foi um siamês fantástico, companheiro de aventuras durante 18 anos.
O mais velho era eu, que tinha mais 2 anos que o Mouxi.
Lembro-me do dia em que nos conhecemos, numa loja de animais junto ao Hotel Mundial, que ainda existe. Um passeio à Baixa com o Pai e a Mãe e entramos na loja. Eras o mais endiabrado da ninhada, e trouxemos-te para casa dentro de um saco de papel pardo com furinhos, para respirares. Parece que te estou a ver, um rebuliço dentro do saco no Electrico 18, para a Estrela.
Foste o meu primeiro irmão, bricavamos pela casa toda, saltavas de cima das portas quando eu passava, e consta que um dia te dei banho com pó de talco... E dormias na minha cama. E tinhas olhos azuis lindos, e eras muito falador. E tenho muitas saudades. Qualquer dias conto mais histórias tuas.

PS: A fotografia é do meu afilhado mais recente. O Guga, um siamês muito parecido com o meu primeiro gato. Encontrei o Guga na rua abandonado debaixo de um carro, e arranjei-lhe uma nova dona. Está lindo, cheio de mimo, o pelo tornou-se bonito outra vez... Um gato com sorte.

16 comentários:

Som do Silêncio disse...

Muito obrigada pela tua visita :-)))
Beijinho

Rodrigues disse...

Um gato com sorte, o Guga. :)Gosto de histórias de gatos felizes.

RPM disse...

boa sorte com o teu rumo....a protecção dos felinos.

tive 2 gémeas pretas, VLR (Vira-Lata de Rua - excelente raça)a Serena e a Vénus, a primeira morreu atropelada, a segunda porque mamava na irmã, desapareceu-me...

agora tenho um Labrador Retriver....

gostei dos textos e fotos!

Abraço

zeni disse...

É verdade, o primeiro gato nunca se esquece...

O meu foi o Xavi. Estava em casa da minha avó, mas era o meu gato. Adoptámo-nos mutuamente, à primeira vista! Ainda hoje me lembro desse momento...
Um amarelinho lindo, que gostava de grelos cozidos e que não caçava ratos (estava numa casa do campo). Segundo o meu avô, tinha um pacto com eles! Dormia na minha cama e trazia-me presentes...

Julie disse...

Realmente, menino de sorte esse!
Beijos pra voces

Cadelinha Lésse disse...

Olá!
Vim dar uma espreitadela para retribuir a visita. Quando tiver mais tempo, regresso!
Bom fim-de-semana

Caiê disse...

Não recordo o meu primeiro gato... Julgo que devem até ter sido dois irmãos! Tinha muitos, muitos gatos na minha infância! :)

cãorafeiro disse...

caro escorpiao, por favor, verifique a sua caixa de emails...

escorpiaotenhoso disse...

Caiê,

Que sorte uma infância cheia de gatos... espero que ainda se mantenha tudo, a infância, os gatos, etc... Recomendações á PUG...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Rodrigues,

Se visses o Guga quando o encontrei na rua. Uma miséria. Dois olhos azuis inteligentes que me procuraram, o pelo todo a cair, muito magro... Passou cá uns dias, portou-se muito bem, sem criar conflitos com os residentes, não respondendo às provocações, e entretanto adaptou-se bem à nova família e está muito bem. É um principe...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

RPM,

Obrigado pela visita e comentário. Boa sorte para o teu Labrador... Tenho saudades da Terceira, e dos Açores em geral...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Zeni,

Um amarelinho apreciador de grelos, hem? Muito saudável. Por cá tenho uma cinzentinha doida por alface...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Julie,

Pois é, até para ser gato é preciso ter sorte. O mesmo se aplica aos humanos...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Cadelinha lésse,

Aparece sempre, és muito bem vinda. Também tivemos um cão, que foi ficando muito, muito velho e doente e foi embora o ano passado. Ficaram muitas saudades e às vezes ainda sentimos o espirito dele deitado aos meus pés, mesmo ao lado do computador...

Gatopardo

Meow disse...

É bom saber que há pessoas solidárias com os gatos!

Sofro imenso por não poder ter um...

escorpiaotenhoso disse...

Meow,

Desejo que em breve tenhas condições para ter de novo o teu gato. Aconselho uma gatinha. São mais amigas...

Gatopardo