terça-feira, abril 04, 2006

O GATO DO RAMALHETE


Um gato Queiroziano:

(...) um livro na mão, o seu velho gato aos pés. Este pesado e enorme angorá, branco com malhas louras, era agora (desde a morte de "Tobias", o soberbo cão são-bernardo) o fiel companheiro de Afonso. Tinha nascido em Santa Olávia, e recebera então o nome de "Bonifácio": depois, ao chegar à idade do amor e da caça, fora-lhe dado o apelido mais cavalheiresco de "D. Bonifácio de Calatrava": agora, dorminhoco e obeso, entrara definitivamente no remanso das dignidades eclesiásticas, e era o "Reverendo Bonifácio"...

Texto de Eça de Queiroz, in "Os Maias" - 1888; fotografia do Gato Pardo - 2005

3 comentários:

Caiê disse...

Tens fotos tão lindas que vamos ter de te linkar! :) E gosto destas citações... ;)

Lu@ disse...

Lindo*

escorpiaotenhoso disse...

Fico contente que gostes das fotos, Caiê (o teu nome é no minimo exótico..., e muito bonito, tem música)

Cada fotografia tem uma história. Para lá da imagem que se vê, fica o momento vivido que levou a essa fotografia...

ET