domingo, abril 09, 2006

GATA BRANCA, GATO PRETO


O Gato Pardo hoje andou a passear junto à margem sul do Tejo, numa antiga zona industrial meia abandonada.
O local é muito bonito, com uma vista deslumbrante sobre o rio e a cidade de Lisboa. É habitado, segundo testemunhos de uns gatos locais, por diversas tribos de felinos não filiados em partidos nem aboletados em casas humanas. É uma comunidade felina hippie com sensibilidade e bom gosto quanto baste na escolha do seu território. Aqui ficam duas das imagens registadas.

Acrescente-se que achei estes gatos tristonhos, tão diferentes dos congéneres que às vezes encontro nas ruas de Londres, altivos, com o pelo a brilhar e bem alimentados de papas e mimos.

A forma como os animais são tratados define em multiplos aspectos as qualidades dos humanos respectivos. E por cá a dedicação é pouca..., como se pode vislumbrar na advertência, escrita numa porta da zona, contra quem se atreva a alimentar os gatos...

Texto e fotografias do Gato Pardo- 2006

19 comentários:

Caiê disse...

Alguns dos gatos mais bonitos que já vi vivem em zonas muito feias e em condições quase miseráveis.

Essa porta escrita a giz tem o seu quê que faz pensar...

escorpiaotenhoso disse...

Pode-se dizer o mesmo relativamente a pessoas. Perto dos gatos havia um grupo de 3 crianças com entre 8 a 10 anos, a brincar. Muito bonitas, mas com uma linguagem de fazer corar as pedras...

Os gatos, com mais um pouco de conversa tinham vindo comigo, mas há impulsos que temos que controlar com muito juizo...

ET

Beatriz disse...

Estava eu toda contente por ver um gato branco e logo a seguir um preto, desculpa mas tenho que ir embora. Sou alérgica a gatos pretos. Um grande beijo de bom dia.

Lanna disse...

Gatos...

escorpiaotenhoso disse...

Beatriz,
Pensa que o gato é côr castanha escura com um tom muito forte, ou azul muito carregado... De qualquer forma deixei o que não gostas para o fim, sempre é uma cortesia...

Lanna,
Gatos... quer dizer que gostas? Apresento-os na intimidade mais simples possível, também aqui os podemos ver como beleza natural...

Obrigado pelas visitas e palavras

ET

zeni disse...

Infelizmente sei de uma história de um grupo de moradores que processou um grupo de voluntários que alimentava uma colónia de gatos.

Para quem não sabe, algumas colónias de gatos são protegidas por grupos organizados de pessoas (geralmente com o apoio de alguma associação por detrás) que têm a preocupação de esterilizar os gatos, para controlar a natalidade. Não estão a contribuir para o crescimento insustentável de gatos vadios: pelo contrário, estão a contribuir para que sejam cada vez menos e a salvar muitos animais em sofrimento, arranjando-lhes um lar.

As pessoas deviam ter mais respeito e consideração por essas pessoas voluntárias que dedicam o seu tempo a fazer esse nobre trabalho e não enxotá-las ou processá-las.

zeni disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Caiê disse...

Beatriz:
não se é alérgica a gatos pretos. Ou se é alérgica a gatos no geral ou não... essa discriminação supersticiosa não tem razão de ser.

ET:
isso das pessoas é bem verdade. Os miúdos mais bonitos que vi (fora os meus manos) eram também miúdos de zonas degradadas.

escorpiaotenhoso disse...

Zeni,
Em tudo na vida de vez em quando surgem situações absurdas cuja única explicação reside na provável estupidez de um dos intervenientes. E o ser humano é o pior animal dos que sobreviveram ao cruzeiro na Arca de Noé. É perito numa coisa que defino como um dos conceitos mais feios neste mundo - a traição, inventou "N" conceitos abjectos, como o dinheiro e a confusão entre o ser e o ter, tem-se tornado um predador terrível e está a dar cabo de tudo a uma cadência vertiginosa...
No meio de tudo isto, haver umas criaturas que impliquem com a acção de voluntários como referes, não é nada de especial...

Também tem havido sempre o outro lado da moeda, e muitas civilizações tiveram em grande conta os GATOS. O Egipto antigo, por exemplo, ou os Venezianos, que se livraram da peste negra com um barco cheio de gatos importados da Siria, que em pouco tempo dominou a população de ratos... Ainda hoje os gatos são uns lordes em Veneza...

Caiê,

O teu comentário sobre dificuldades relativas a gatos pretos é pertinente, mas às vezes as pesoas têm dificuldades difíceis de entender, o que não torna as questões simples ou gratuitas.

Também já tive dificuldades de relacionamento, não com gatos, mas com cães. Gosto de todos os animais, mas tinha medo, e levei anos a ultrapassar essa limitação. A origem do problema foi uma dentada que levei há uns bons anos, vivia eu no meio do Atlântico. Ainda hoje tenho a sensação de ter corrido a maratona, com o cão de boca aberta cada vez mais perto até que ... zás... Era um miudo... Entretanto já tive diversos cães, etc...

Um obrigado a todas pelas vossas palavras e visitas. É um gosto partilhar os posts que vou fazendo ao sabor do ritmo de um verdadeiro GATO PARDO...

Caiê disse...

Espera lá... Vivias tu no meio do Atlântico?
Já fomos vizinhos?...

AnaCristina disse...

Apesar de seres detestáveis, as tuas fotos de gatos são lindissimas!! Além de que o provérbio "Diz como tratas os animais, dir-te-ei como és" se aplica como uma luva...

zeni disse...

Anacristina:"Seres detestáveis"???

Não sabes a grande injustiça que estás a cometer, ao fazer essa afirmação, mas pode ser que tenhas a sorte de descobrir...

zeni disse...

E a propósito de gratos pretos: o gatil da união zoófila está cheio de gatos pretos. E porquê? Devido à ignorância e estupidez das pessoas...

Lanna disse...

É, sempre ao natural... né?

escorpiaotenhoso disse...

Caiê,

Para dizer a verdade, a minha ilha mais verdadeira é o meu coração...

Coração que tem deambulado por muitas Ilhas. No meio do Atlântico, começei pela Madeira, depois descobri o Porto Santo, depois ainda São Miguel, Terceira, São Jorge, Pico, Faial e as Flores. Mais para oeste, Bermudas... Também não posso esquecer as canárias (3 das ilhas) e, mais recentemente, São Vicente de Cabo Verde (apeixonei-me pelo Mindelo eaqueles tons de chocolate todos, lindos sempre apetec´veis numa simplicidade tão natural... A última descoberta foí Fernando de Noronha... Fantástico..

ET

escorpiaotenhoso disse...

Meninas,

Gosto muito de gatos e ainda mais das minhas gatas. Em especial, a Quicas é o AMOR da minha vida... á falta de outro maior, que está muito longe...

Quem não gosta de gatos, com todo o respeito, e compreeensão, não sabe o que perde....

Caiê disse...

Pronto, já fomos vizinhos... ;)

a.s. disse...

miau

eu sou uma gata azul

tomas conta de mim?

beijinhos,

alice

escorpiaotenhoso disse...

A.S.

O azul é lindo... aparece sempre

ET