sexta-feira, março 31, 2006

A JANELA DO GATO PRETO DO RIO SECO




Uma janela simples de uma casa decrépita num vale decadente de Lisboa.
De repente, um GATO PRETO de coleira encarnada, gordo na sua felicidade burguesa de felino doméstico, assume à janela, indiferente.
Indiferente à depressão colectiva a que os locais agora chamam crise.
Indiferente à miúda de calção azul que estende roupa.
Indiferente ao céu brilhante e luminoso daquele dia quente de verão.
Indiferente ao pombo rafeiro que ousa esvoaçar ao alcance de Sua Excelência e à curiosidade do observador, para quem aquela janela passou a ser a do
GATO PRETO de coleira encarnada.

Foto e palavras de ET estacionado no vale do Rio Seco, em Lisboa a 7-07-2005

7 comentários:

Caiê disse...

Comento-te pouco, mas venho ver-te...
Sim, a Pug tem working visa até 31 de Maio.
minhauuuuuu :)

Gosto muito dos teus minhaus todos.

Beatriz disse...

Desculpa mas já estou de saida. Tenho pavor de gatos pretos. Um beijo de boa noite.

alice disse...

desculpe, este blog é de um escorpião tenhoso ou de um gatinho fofinho?

só para avisar que voltei!

beijinho,

alice

zeni disse...

Azar é não ter um gato preto!!

escorpiaotenhoso disse...

Tive o gato preto mais lindo do mundo com uns olhos verdes fantásticos...

Neste momento a lotação está esgotada... Se arranjo mais os actuais ficam aborrecidos, e tenho de dispersar a atenção que lhes dou...

Sou um Escorpião, enfim já fui menos fofo... agora com o bom tempo vou retomar os patins em linha todos os dias e a coisa melhora...

ET

Meow disse...

Que gato lindo!!!

uderhood disse...

Very pretty site! Keep working. thnx!
»