terça-feira, fevereiro 27, 2007

A RAIZ DO MAL

A vida faz-nos enfrentar situações tão injustas quanto incompreensíveis e absurdas.
O fenómeno do sofrimento é uma dessas situações. Sofrimento tantas vezes inexplicável e gratuito. Como no caso de um ser pequenino e inocente, que de repente adoece e parece perder a luta contra o fim. Uma luta para o salvar, para o fazer viver mais tempo, que a morte precoce de alguém ou algo que amamos é pura e simplesmente inaceitável. Todos têm direito pelo menos ao seu TEMPO.
Que sentido haverá para os fenómenos negativos que nos rodeiam e tantas vezes envolvem? A perenidade das nossas existências? A visão discricionária de um Deus cruel distraído do sofrimento? Que haja uns tarados que dediquem a vida e o génio a fabricar uma bomba atómica, por exemplo, é compreensível no âmbito das incongruências humanas. Mas um gato, o meu GATO lindo pequenino, indefeso e terno, o que é que pode justificar o seu sofrimento inútil? Onde está a raiz do MAL?
Acordo de manhã e vou ver se vive ou não. Agora vou uma vez mais recorrer a um Doutor bondoso de barba branca que tantas vezes tem sabido fazer da sua ciência a magia de um ANJO protector dos animais. O meu pequenino precisa de todas as protecções. Contra as raízes do MAL...
Gatopardo revoltado - 27 Fevereiro 2007

28 comentários:

zeni disse...

O Tripé?

De que padece?

Fico a torcer por ele.

escorpiaotenhoso disse...

Um virus estuporado a querer arregimentá-lo para a barca de Caronte...

Gatopardo

Sailor Girl disse...

ELE VAI FICAR BOM!!!!... ESTAMOS TODOS A TORCER POR ISSO! VOU POR UM ALERTA NO ATLÂNTICO AZUL!

Sílvia disse...

As melhoras para esse gato lindo.

Gato Vadio disse...

Palavras, tantas palavras podiam ser ditas, que nenhuma resgataria a alma do aperto. Então não deixo palavras. Deixo força. A força que conheço ser aliada dos gatos. A força que sei estar presente no afecto inigualável de quem vive com eles. Força para que a dor não impeça de sorrir, ainda que ás vezes amareladamente. Afinal deixo tantas palavras, só para dizer FORÇA.

Alexa disse...

ET, espero, do fundo do coração, que tudo corra bem com o Tripé e que ele se ponha bom rapidamente!
Fico a torcer com muitos pensamentos positivos por vocês!!
Um abraço forte

b' disse...

meu querido gato pardo, nem sei que diga...
deixo um abraço apertado e desejos de melhoras para o tripé

Sailor Girl disse...

Tonight he'll be in the Lord's arms. Os meus sentidos pêsames.
Força, Gatopardo. Conta connosco. Estamos sempre contigo. beijinho da Sailor Girl

cãorafeiro disse...

uma vida breve nem por isso é menos vivida... enfim, que dizer? é o destino, o mesmo destino que levou o tripé a cruzar-se com o escorpião, e lhe deu o privilégio de partilhar a vida com os seus simpáticos felinos, dita agora a inevitabilidade da separação. nada a fazer senão seguir em frente, e guardar no coração a memória da sua breve passagem.

caniche vagabundo disse...

Eu e os meus donos vamos ter sempre na memória as histórias de um gato tão bonito e lutador.

cinderela-dos-pes-grandes disse...

Gato Pardo, nem tenho palavras!
Um abraço e oxalá Tripé vença!

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

Obrigado a todos(as) pelas palavras simpáticas e a solidariedade.
Infelizmente perdi o TRIPÉ após uma doença súbita e galopante. A situação degradopu-se rapidamente hoje e ele acabou por morrer pelas 15h00. fazia 1 ano em Março e estava connosco desde Maio de 2006. A sua verdadeira DONA, a I+++ está inconsolável... Muito triste.

leonor80ster disse...

Luis eu sei o que é perder um dos nossos AMIGOS, um grande beijinho, e pense no tempo que ele viveu consigo e foi feliz !!

E vamos continuar a ajudar outros que irao cruzar-se no nosso caminhos !!!

zeni disse...

Sinto muito.

Não me vou esquecer do Tripé, que através de ti, Gatopardo, entrou também nos nossos corações, desde aquela 1ª foto, ainda na rua.

Um vida breve e intensa: passou por maus bocados mas também teve a sorte de econtrar um gatopardo e sua família que o acolheu. Partiu rodeado de amor.

Um beijinho

Sílvia disse...

Lamento mesmo muito o que aconteceu ao Tripá. a perda de um dos nossos bichos é mesmo muito dolorosa... não há nada que se possa dizer que possa ajudar...
Lamento... Eu e as minhas duas traquinas: Minerva e Osíris estamos com vocês...
Força!

Alexa disse...

Luís, lamento imenso a vossa perda do Tripé! :(
Sei bem o que é perdermos os nossos animais devido a doenças e imagino como vocês não se devam estar a sentir...
Mas pensa, pff., que, nesta vida, tudo tem um sentido... e se a perda do Tripé tão jovem é, de facto, muito triste e dilacerante... pelo menos, enquanto viveu convosco, o Tripé foi muitíssimo feliz e vocês proporcionaram-lhe algo de muito bom!
Coragem, Amigo! E muita força para a pequenina dona do Tripé.
Um abraço

Gato Vadio disse...

APOSTO que há memórias VIVAS de SORRISOS e troca de AFECTOS que atestam um BALANÇO POSITIVO dos tempos partilhados.

Se viver pressupõe a ACEITAÇÃO da vida como um conjunto de ETAPAS então a dor e o LUTO de um momento requerem que no SILÊNCIO do nosso íntimo se REENCONTRE o equilíbrio necessário para continuar a VIVER.

FORÇA. CORAGEM. Que todas as palavras ajudem.

LisbonGirl disse...

Querido e lindo Tripé!...Tenho muita, muita pena!
Faço minhas as palavras da Zeni: "partiu rodeado de Amor"!
Coragem Gatopardo!
Um Abraço amigo!

LisbonGirl disse...

Gatopardo, gostava muito de fazer nom meu blog um post em homenagem ao Tripé e ao seu olhar luminoso, posso? Se não puder, diga-me, por favor, e eu entendo e respeito. Mas penso que a Vida do Tripé é um exemplo de Luz!

PAH, nã sei! disse...

Não existem palavras que nos dêem, nestas alturas, o consolo da saudade e nos tirem a vontade de voltar a ter o ser que perdemos...

Deixo um beijo...

E um sorriso de volta ao Tripé e ao seu ronronar desde o céu dos gatos!!!

Meow disse...

Pensa que ele viveu feliz o tempo que esteve por cá!

O Nilo e eu sentimos muito!

Julie disse...

Estamos torcendo por esse menino de sorte que teve a felicidade de encontrar voce!
Pensamentos positivos pra ele, muitos.
E oraçoes também.
Beijinhos

Skin on Skin disse...

Voltei aqui...para voltar a ver ests gatinhos lindos! Apanhei 2 na rua...tratei-os e já têm donos! ;)
As melhoras para o gatinho lindo e...para o dono! ;)

Beijokas on skin

Gato Vadio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gato Vadio disse...

Gato Pardo, volta, que a energia que somos se renova sempre, afinal, vem aí a primavera...

Galufi disse...

Siento mucho lo de Tripé, supe quererlo y conocerlo a través de vos y me da mucha pena. Me consuela saber que el tiempo que vivió tuvo la mejor vida de todas junto a vos y tus otros habitantes gatunos... Un abrazo grande desde el Rio de la Plata...

escorpiaotenhoso disse...

Ainda sinto o TRIPÉ à minha volta, o maroto de sempre descarado e brincalhão.Que de repente, qual partida de mau gosto nos deixou assim tão prematuramente...

Rodrigues disse...

Lamento muito... :(((
O Tripé foi muito feliz convosco e com os seus maninhos felinos durante a sua breve passagem por cá, disso podes ter a certeza.

Um abraço.