segunda-feira, janeiro 15, 2007

DURA LIBERDADE

Este gato tem estampada na expressão facial a dureza da liberdade.
Uma liberdade fictícia, pois sem condições para usufruir dessa qualidade de "estar e ser", os seres perdem-se imobilizados na contemplação filosófica da vida.
E para este gato, para tantos outros das mais variadas espécies, a vida é efectivamente muito dura...
GATOPARDO, sentindo-se um privilegiado...

22 comentários:

zeni disse...

Todos os dias passo por uma rua onde fica um prédio em ruínas, que serve de refúgio a alguns gatos de rua. São fugidios, só se aproximam de senhora que os alimenta. Há lá um pretinho, muito jovem, ainda não tem tamanho de adulto, que costuma estar a brincar na calçada. Tem um olho doente. Deve ter tido coriza. É um dos grandes problemas dos gatos de rua. Perante doenças que podiam ser facilmente tratadas (como a coriza, que pode cegar) arriscam-se a ficar com sequelas e a morrer.

Tão triste... é sempre o que sinto, perante estas situações.

Alexa disse...

:(
É muito triste de facto!...
Tal como para os humanos, também neste caso é preciso ter sorte para se ser animal!

escorpiaotenhoso disse...

Zeni,
É nestas situações que sinto quanto o mundo é grande e como sou pequeno, e curta a vida. O tempo, embora precioso é escasso e não há mãos para ajudar tantos gatos nossos amigos, por maior que seja o coração.
Faz-se o que se pode...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Alexa,
Mesma com estas situações tristes, é lindo ver uma cidade com gatos. Claro que se as pessoas fossem mais sensíveis e generosas, estes nosssos amigos eram mais saudáveis e felizes. Mas se nem das pessoas se quer saber hoje em dia...

Gatopardo

LisbonGirl disse...

Zeni, pensar de maneira diferente sobre aquilo que está a nossa volta!!!! Li no teu blog!!!!tentar ver o lado luminoso de tudo!

LisbonGirl disse...

Escorpião e Alexa, desde que visito o Gatopardo e amigos verifico com alegria que somos muitos e que nos mobilizamos! Fazemos o que podemos! Ainda que não tenha podido fazer tudo o que queria pelos "meus gatos de rua" sinto que fui especial para eles!
Faz-me feliz saber que há Alexas Zenis e Escorpiões por aí a sentir o mesmo que eu sinto e a querer mudar o mesmo que eu quero!!!!! Vá, Serenidade e Força!

zeni disse...

ET:

Precisamente, precisamente! Estas situações com animais são daquelas em que ainda não consegui controlar os meus pensamentos, ao ponto de não sofrer.

zeni disse...

Perdão, a minha última mensagem é para a Lisbongirl. Sorry! Com a pressa não li o remetente!

caniche vagabundo disse...

Vejo agora que sou um vagabundo de estimação com muita sorte...

Galufi disse...

Que mirada tan triste, me parte el corazón :( Hay miradas que lo abarcan todo.
Palabras certeras Gatopardo: el mundo es tan grande y nosotros tan pequeños.
Ojalá pudiéramos transformar todas esas miradas en felicidad. Causa mucho dolor y es difícil aceptar que hay que hacer lo que se puede y no lo que se quiere...

AnaCristina disse...

Todos nós num momento ou noutro sentimos que a vida nos voltou costas...

cãorafeiro disse...

http://www.lafontaine.net/lesFables/afficheFable.php?id=5

creio que este texto se contrapõe a este post.

a vida é dura e tudo vem com um preço. seja como for, tenho a certeza de que é preferível ser gato de rua do que ser o gato de certas pessoas.

(ou o cão, ou seja que animal for)

TÁGIDE DA PERNA DE PAU disse...

Dêm mas é de comer ao gatinho para ver se na páscua o guizado fica a preceito, e preocupem-se mais com o sufroimento humano, LOL, kisto de choraminguar pelos gatos dá impressão de laméchisse a mais...
E ao despois vão alá à praca do Martin Monis comprar uns gatinhos de loiça da china

Meow disse...

Apesar da dureza da vida, este gatinho tem um aspecto bem forte. Ou estou enganada?

escorpiaotenhoso disse...

Lisbongirl,

Apesar das muitas pessoas boas entusiastas de animais e suas protectoras, há ainda muitíssimo a fazer...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Caniche Vagabundo

Claro que é um canídeo de sorte, seu vagabundo encaracolado... Está na lista negra do gang do GATOPARDO, mas isso é só um pormenor, seu LULU disfarçado de branca de neve...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Galufi,

É sempre um prazer receber visitas de Buenos Aires... Aí também há gatos a lutar pela Liberdade?

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Ana Cristina,

Nesse campo nós Gatopardos temos a vantagem de ter sete vidas... Sempre proporcionam maior flexibilidade na vida...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Cão Rafeiro,

Tem toda a razão nas suas observações. E não sei a que título alguns de nós são apelidados de rafeiros, quando na verdade representamos uma élite de quatro patas...

Gatopardo

Ana R disse...

OLÁ GATOPARDO

SOU A ANA QUE APANHOU E LHE DEU O TRIPÉ

Venho informar que a colonia de onde rretirou estas fotos está tpoda operada à excepção de 6 machos (o da foto se tudo correr bem será quinta)

Já não há bebes cegos com coriza, gatas doentes, e os gatos quer possam andar sujos é devido a alguns sitios por onde andam no estaleiro. Apesar do edificio ter sido fechado os gatos teem entrada :-) e lá dormem bem protegidos.

Tirando 2 ou 3 velhotes os outros estão gordos e assim que castrarmos os ultimos acabam-se lutas, guerras e a colonia ganhará ainda mais em saude, não há gatas como as das fotos (o amarelinho é um gato macho que já foi castrado mas é muito velho)

Temos tido optima coloaboração do pessoal do estaleiro que tb ajudam com comida e do proprio pessoal do Porto d eLisboa e ainda dos segunranças.

Muitos bebes foram dados, outros não se puderam salvar. Tal já não acontece. Teem muita comida e vários abrigos com ração. Trepam às arvores, brincam ao sol, apanham banhos de sol o que é lindo de ver. Passo muitas horas com eles tal como o Nasir que me ajudou e ajuda nesta colonia. fomos os 2 aliás que operamos tudo e garantimos agora o controlo da colonia para que não aapareçam mais gatas por operar e também que exista sempre ração e agua (há a brigos com ração tb no estaleiro e outros escondidos)

Convido a irem ver o tópico no www.felinus.org onde nas ultima spagina spdoerão ver uma retrospectiva da colonia e a diferença que faz uma colonia tratada e operada e não.

Temos fotos impressionantes dos bebes que lá existiam. Demoramos mais por sermos só 2 mas muita gente contribuiu pagando operações o que foi grande ajuda.

A Raçaõ tem sido dada e vamos pedindo latas.

Tenho cá em casa a ultima gata que nos faltava operar.

A amarela de nome Nina pertençe ao estaleiro, sendo a mascote. (ela aliás vai a todos cravar mimos e latas e de todos é mimada)

como curiosidade apareceu há pouco outra tripé e o Nasir desta vez ficou com ela.

Obrigada por nos ter alertado para esta colonia.

E vejam as ultimas fotos no site :-)

Ana R

Ana R disse...

ESte aplerma continua "aluado" pois ainda não se deixou apanahr para ser castrado.

Depois acalmará e ficará um gato sobretudo mais saudavel. Muitas doeença são transmitidas qd eles andam a acasalar.

Mas come que se farta :-)

Ana R disse...

O gatinho da foto já foi operado. É muito velhote o que explica o seu aspecto. De qq modo agora operado vai engordar. foi também operado a um inicio de carcinoma numa orelha. (problemas dos gatos brancos na rua versus sol)