sábado, dezembro 09, 2006

Olá, sou a EMÍLIA!

"Esta é a Emília, uma gatinha jovem que vagueava na rua há mais de uma semana, provavelmente abandonada por se encontrar grávida. Foi recolhida dia 7 de Dezembro, ao final da tarde. É uma gata extremamente meiga, que nos estende logo a patinha quando lhe fazemos festinhas e vê-se pelas suas reacções que estava habituada a estar numa casa. A Emília vai ser esterilizada e, devido ao tempo de gestação da sua gravidez, já não terá os filhotes. Depois da operação, a Emília vai procurar novos donos, que sejam responsáveis e não a abandonem à sua sorte, como já lhe aconteceu. Caso estejam interessados em a adoptar escrevam, por favor, para alexasof[arroba]gmail[ponto]com."
Este é o apelo da nossa Amiga ALEXA, que não precisa de mais palavras. Sugere-se que vejam o painel de fotos excelentes da Emília, como brinde por terem lido até aqui. Apenas um comentário acerca da suspeição relativa ao abandono por ir ter filhos. Enfim, um pormenor que só enaltece a nobreza de carácter do autor da proeza, a quem se sugere a atribuição do Grande Colar do Bom SACANA, para não chamar outra coisa menos edificante...
Gatopardo com texto (adaptado) e foto da Alexa - 2006

14 comentários:

cãorafeiro disse...

custa-me um tanto dizer isto porque até estou a pensar votar sim no referendo ao aborto humano, mas se a emília estava grávida, deveria ter tido a possibilidade de ter a sua ninhada.

a maternidade felina é uma coisa muito bonita, eu tive a sorte de ter uma gata que teve uma ninhada. aconteceu, enfim, quando demos por isso já estava, mas foi muito bonito ver como ela educava os filhos.

dicamos com um e demos os outros. depois esterelizámo-la.

eu sei que é difícil encontrar donos para os gatos, mas para gatos nascidos em casa é menos difícil.

e choca-me que um veterinário tenha feito tal coisa.

uma vez conversei com o meu veterinário sobre isso, e ele disse-me que não o fazia, apenas lhe aconteceu duas vezes, uma delas porque a dona não sabia da gravidez da cadela, da outra ele percebeu que tinha sido enganado mas já era tarde demais.

o caso humano é muito diferente porque embora se trate de uma decisão baseada numa opção que moralmente me repugna, para mim é mais importante o direito ao livre arbítrio da mulher em dispor do próprio corpo.

mas aqui não se trata de livre arbítrio.

tudo bem, a emília tem casa, mas enfim.

peço desculpa pelo tom moralista, mas é o que eu penso. entre isto e afogá-los à nascença como fazia o povo(e continua a fazer) não vejo uma diferença por aí além.

Alexa disse...

ET: Muito obrigada pla ajuda na divulgação da Emília!
Bjs

cinderela-dos-pes-grandes disse...

Boa sorte para a Emília... que, a propósito, significa DIGNA DE SER AMADA, segundo descobri! ;)
Talvez este pedaço de informação ajude a que algum amigo (seduzido!) a leve para casa!...
Cão, compreendo o que sente, mas... alguém iria ficar com a Emília estando prenha?... Não é fácil decidir, não!... :(

escorpiaotenhoso disse...

Cão,
Tenho verificado que a esterilização de gatas grávidas é uma prática corrente junto de grupos voluntários que se dedicam a esterilizar gatas da rua e depois as devolvem muitas vezes aos locais onde as recolheram, com o objectivo de controlar as populações. Os gatos reproduzem-se de forma exponencial... Os argumentos são muitos a favor e contra. Eu pessoalmente não o fazia, mas não vou emitir opinião sobre o assunto, em primeiro lugar porque há que analizar muito bem o contexto...
Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Alexa,

Não sei se será uma grande ajuda, mas pelo menos é mais um meio a divulgar o teu apelo...

Gatopardo

escorpiaotenhoso disse...

Cinderela,

Estes assuntos estão sempre ligados a dilemas...

Gatopardo

Alexa disse...

Cinderela, muito obrigada pela,dica sobre o significado do nome "Emília" (é bem bonito, e espero que traga muita sorte a esta menina linda)!
Curiosamente, demos-lhe este nome provisório devido ao nome da rua onmde ela foi encontrada.
Bjs

cinderela-dos-pes-grandes disse...

Eu fui espreitar o painel de fotos da Emília... é muito linda, mas nem acabei de as ver porque depois fico incomodada de não poder ficar com ela. :(

De todo o coração desejo uma rápida "adopção" para ela! [este é um desejo um tanto egoísta, confesso, porque ficarei muito mais tranquila quando isso acontecer!...;)]

Alexa disse...

Cinderela: Também, eu, também eu... nem imaginas como me dói saber que não posso ficar com esta lindinha (já tenho 5 lá em minha casa)!

zeni disse...

Também a mãe dos meus foi abandonada grávida, mas tal como a Emília, teve a sorte de ser recolhida por uma fada madrinha.
Felicidades para ela e para os humanos que se preocuparam com ela.

Alexa disse...

Muito obrigada a todos pela vossa preocupação em relação à Emilinha!
Esta menina já não sai + de casa da minha mãe, pois eu começava a ficar doente só de a imaginar sem dono, depois de tudo o que passou!
Um obrigada muito especial ao ET!
Bjs

cinderela-dos-pes-grandes disse...

Ah!... que bom!... :) Grandes corações, grandes decisões!... ;)

escorpiaotenhoso disse...

Que bom que a Emília tenha encontrado um lar. Bom Natal para ela e os seus amigos (as)

Gatopardo

Alexa disse...

Muito obrigada, GatoPardo e Cinderela!
Bom Natal para vocês também!
Bjs